Estratégia e Gestão

15/01/2017Anabela CondeTempo estimado de leitura: 1 min. e 49 seg.


Happy HourHappy Hour! E se tivesse, para que a queria?

É verdade que no nosso dia a dia nas empresas não nos sobra tempo, mas, se o tempo é o que fazemos dele, porque é que não reservamos tempo para outro tipo de situações?!

Uma hora por semana, por quinzena, por mês que seja… Uma hora que esteja na agenda de todos para abrir a mente e dar lugar a pensamento criativo. Uma hora com um formato diferente, talvez num contexto diferente até…

Quando estamos com as nossas pessoas esporadicamente noutros contextos, muitas vezes num ambiente mais informal, somos frequentemente surpreendidos pela sua postura, pelas suas ideias, às vezes obtemos autênticas revelações, ou não concorda? Há sempre um talento escondido.

E porque é que isso só acontece no jantar de Natal ou no outdoor que… até (...Ler Mais...)

13/12/2016Anabela CondeTempo estimado de leitura: 1 min. e 38 seg.


ano novoAno Novo???

Nesta altura do ano, enquanto todos correm às lojas para os Presentes de Natal, passam horas infindáveis no trânsito e em filas para pagar, o que não daria para estar sossegado a fazer o que mais gosta?!

Em termos pessoais, esta é a melhor altura do ano para fazer tudo o que o dinheiro não compra, para estar com a família e com os amigos e encontrar a magia das coisas mais simples, aquela que encontramos apenas quando paramos e abrimos o nosso coração…

E no plano profissional, será diferente?!

Para além do convívio de Natal, em formato jantar ou festa da Empresa, que mais podemos fazer pela motivação e compromisso das nossas pessoas? Será que enquanto andam todos desesperados por fazer acontecer os números do segundo semestre, podemos desde já começar a (...Ler Mais...)

08/12/2016Maria VieiraTempo estimado de leitura: 1 min. e 21 seg.


Desenrascado

Numa altura em que os ânimos se exaltam, as palavras de ordem são proferidas e todos parecem estar a desejar algo de novo, penso sempre que ser à rasca é sempre mais simples que ser desenrascado.

Não vou tecer comentários políticos, nem apelar a qualquer tipo de comportamento por parte dos nossos líderes ou dos políticos internacionais, ou tirar partido por este ou aquele, de qualquer forma choca-me sempre que as pessoas se foquem mais nos problemas e menos nos resultados. Claro que cria sempre um enorme impacto pessoas a marcharem e a cantarem nas avenidas desta cidade, mas depois, correndo o risco de ser injusta, me pergunto quantas daquelas pessoas estão de facto à rasca.

Mas também não são desses que pretendo falar hoje, mas sim dos desenrascados!

E são ainda muitos os que (...Ler Mais...)

08/12/2016Anabela CondeTempo estimado de leitura: 1 min. e 5 seg.


colaborador apaixonado

A cada ano que começa é tempo de avivar a missão, reajustar os valores, definir um novo lema e descolar…

A questão é que quando tudo isto não faz parte da cultura da empresa corremos o risco de algum desapego emocional por parte do colaborador, e isso condiciona indiscutivelmente o sucesso do trabalho em equipa e a produtividade de cada um.

Ainda esta semana um líder de uma equipa comercial desabafava: “anda tudo a olhar para o seu umbigo, desesperado por cumprir os números, nem sequer partilham a informação”.

Percebe-se que sejam muitas as pessoas que hoje receiem o flagelo do desemprego, com tudo o que se vê, ouve e conhece…

E vamos ficar indiferentes? Se a época é de crise, de pressão, e até de alguma indisciplina, o que está ao alcance da empresa (...Ler Mais...)

23/11/2016Maria VieiraTempo estimado de leitura: 1 min. e 33 seg.


Vende-se

Quando falamos de vende-se, não estamos a falar no contexto de dentro para fora, mas sim de dentro para dentro!
Muito do que vemos hoje em dia, seja nos processos de dinamização, acções de teambuilding ou até nos processos de coaching que acompanhamos, é a dificuldade de vendermos as ideias internamente.

O ter uma voz nas equipas é, sem dúvida, um factor de motivação e de dinamização das equipas, faz mexer as estruturas no bom sentido. Mas para ter voz é preciso também ser ouvido, conseguir ter um tempo de antena e a capacidade de discutir de forma apaixonada as ideias.

Há quem ainda associe a venda de ideias ao departamento comercial, pois são os que, sem dúvida, lidam com este processo de forma mais natural. Muitos estão habituados a ter os comerciais nas reuniões (...Ler Mais...)

23/11/2016Anabela CondeTempo estimado de leitura: 1 min. e 29 seg.


Perdido

Os modelos de negócio já não duram tanto como era habitual, um líder de sucesso há dois anos não o é garantidamente hoje e nem sequer um lugar de efectivo numa empresa é agora sinónimo de segurança ou certeza.
Muitos de nós crescemos sob o pressuposto de que os PCs são cinzentos, que se ligam com cabos e que são para estar no escritório e não na sala. O chairman da IBM, Thomas Watson, dizia em 1943 que haveria mercado mundial talvez para cinco computadores…

Hoje temos portáteis, tablets, smart phones, para graúdos e miúdos, às vezes em maior número do que as pessoas lá de casa. Os adolescentes escrevem mensagens com as duas mãos em simultâneo, somos amigos nas redes sociais sem trocarmos palavra.

E quando surgiram modelos de negócio de compra e venda (...Ler Mais...)

10/11/2016Anabela CondeTempo estimado de leitura: 1 min. e 22 seg.


excelenteExcelente?

Faz lembrar o tempo dos bancos de escola… mas, na verdade, é isso que o dia-a-dia nos pede, que sejamos excelentes.

De forma mais ou menos empírica, consoante as Organizações, somos avaliados não pelo “como fazemos”, mas pelos “resultados que aportamos”. É que “ser bom” ou “fazer bem” pode não chegar para trazer excelentes resultados…

Diagnosticar

A palavra Diagnóstico ainda vai fazendo torcer o nariz a algumas pessoas, sem percebermos muito bem porquê. Não há como tomarmos consciência da nossa realidade empresarial para podermos andar para a frente!

Como vai a nossa liderança? Sabemos para onde vamos? Como estamos a preparar as segundas linhas? Que motivação tem a nossa equipa? Até que ponto as pessoas estão envolvidas e comprometidas com fazer mais e melhor? Reconhecemos e premiamos quem se supera? Os colaboradores participam, vestem (...Ler Mais...)

24/10/2016Maria VieiraTempo estimado de leitura: 1 min. e 20 seg.


empresas medem

Se não o fazemos às pessoas, porque o pensamos no caso das empresas?

Infelizmente as aparências ainda são muito importantes. Os “grandes” nomes de empresas causam um enorme impacto quando falamos com os nossos amigos e dizemos onde trabalhamos. Mas, para nós que estamos diariamente com equipas de empresas, não as categorizamos em grandes ou pequenas, mas em equipas motivadas e empenhadas que fazem tudo o que podem por conseguir ter um excelente desempenho.

E não existe nenhuma regra. Temos visto equipas de maior dimensão com um bom desempenho, mas por vezes as mais pequenas ainda as superam. Será necessidade? Será a vontade de vencer?

Sendo que não medimos as empresas, sentimos no entanto que existem certos processos que são tão vantajosos para as empresas maiores como para as mais modestas. No fundo, um conjunto (...Ler Mais...)

24/10/2016Anabela CondeTempo estimado de leitura: 1 min. e 1 seg.


solução

Não raras vezes, no nosso contacto diário com as empresas, somos confrontados com a questão: “O Problema sou eu, não sou?”.

Mas porque é que se tornou o caminho mais imediato pensarmos desta forma negativa e que sabemos que não nos leva a lado nenhum?!

Queremos ter problemas ou soluções para as situações mais desafiantes? Então, toca a pensar (e a agir) para sermos parte da Solução…

Sou parte do problema, enquanto LÍDER…?

Não vejo a luz ao fundo do túnel, defino sempre imensos objectivos mas depois nada acontece, trabalho horas a fio e nem tenho tempo para pensar, tenho imensos contactos para fazer e passo a vida preso aos temas do dia-a-dia, não tenho jeito para a parte relacional, estou sempre a dizer as mesmas coisas e ninguém me ouve, a equipa não anda (...Ler Mais...)

Anterior

Palestra Online

Excelências nas Vendas em 2016 - Gravação já disponível
Palestra Online Gratuita

Calendário

Mais Eventos

Siga-nos

Linkedin Facebook Twitter Google+ Pintrest Youtube Subscrever por rss Entrar em contacto por email