Liderança e Coaching

15/01/2017Maria VieiraTempo estimado de leitura: 1 min. e 21 seg.


coitadinhoCoitadinho… Quem não se recorda dessa anedota?

Para aqueles a quem este título não diz nada, aqui segue a história em versão mini: a selva fica em alvoroço quando sai um decreto a avisar que o leão irá comer todos os animais de boca grande! E o hipopótamo diz de forma inocente “coitadinho do crocodilo”.

Muitas vezes o processo de olharmos para nós mesmos e sermos confrontados com as nossas falhas não é o mais agradável.

Na grande maioria dos casos, quando algo de muito mau acontece nas empresas e nas equipas, a causa do problema é algo ou alguém que está connosco e nunca somos nós.

Mas já pensou no que ganha em explorar os seus pontos fracos?

Não quero ver os pontos fracos

Muitas pessoas sofrem deste mal. Preferem enterrar a cabeça na (...Ler Mais...)

11/01/2017Jose AlmeidaTempo estimado de leitura: 0 min. e 59 seg.


transparênciaQual é o seu grau de transparência como líder, como pessoa, como colega, como pai ou mãe?

Poderá pensar: “Transparência?”

Sim, transparência!

Será que é possível ver através de si, tal e qual como se de um lago transparente se tratasse?

“Ora, mas o que é que isto interessa?”

Questão válida, sem dúvida. Na liderança, muitas vezes torna-se difícil sermos nós.

Sermos nós sem máscaras, sem planos, sem intenções, sem números a atingir, enfim, sem tudo o que caracteriza o mundo normal do trabalho.

Coloca-se no entanto a seguinte questão:
“Porque é que alguém deveria seguir a sua liderança?”

A liderança nem sempre é algo natural. Aliás, raramente o é no mundo do trabalho, tem mais de instituído do que propriamente natural.

Mas o que começa por ser instituído tem de crescer para algo mais, (...Ler Mais...)

11/01/2017Anabela CondeTempo estimado de leitura: 1 min. e 58 seg.


pessoasPESSOAS! A cada novo ciclo que se inicia é tempo de revisitar a estratégia e os objetivos e de pôr em prática iniciativas diferenciadoras, para que os resultados apareçam de forma sistemática.

Que este ano seja um ano de transformação e de investimento nas Pessoas, de crescimento das suas competências e de desenvolvimento dos talentos internos, porque efectivamente é nas Pessoas a melhor aposta que podemos fazer.

E não há forma de fazer acontecer a missão e o propósito da Empresa sem envolver e comprometer a Equipa no caminho a percorrer…

Para tal há que lançar desafios, promover a autonomia, controlar, dar feedback e ajudar a crescer.

Desafiar ou Controlar?

Desafiar sempre, controlar quando a situação o exige. Não podemos é ficar sempre neste último registo, sob pena de abafarmos autonomia, criatividade e vontade.

Em (...Ler Mais...)

13/12/2016Maria VieiraTempo estimado de leitura: 1 min. e 35 seg.


motivação

Se está a sentir falta de energia, de vontade em esforçar-se, se sente que os seus dias são sempre o mesmo e nunca diferentes, se todos o aborrecem, então deve marcar uma consulta com o Dr. Motivação e perceber desde já o que pode fazer para aumentar de forma dramática os níveis de energia.

A motivação é dos temas mais falados nos últimos anos. É alvo de estudos complexos, que procuram identificar o que motiva cada um de nós. A actividade comercial poderia ser considerada uma profissão de desgaste rápido, tal a quantidade de nãos que são escutados e a necessidade de uma enorme auto-motivação por parte do profissional.

Na nossa actividade diária e interacção com equipas comerciais, também é algo que gostamos de observar. Acima de tudo, gostamos de tentar perceber por que razão (...Ler Mais...)

08/12/2016Anabela CondeTempo estimado de leitura: 1 min. e 5 seg.


colaborador apaixonado

A cada ano que começa é tempo de avivar a missão, reajustar os valores, definir um novo lema e descolar…

A questão é que quando tudo isto não faz parte da cultura da empresa corremos o risco de algum desapego emocional por parte do colaborador, e isso condiciona indiscutivelmente o sucesso do trabalho em equipa e a produtividade de cada um.

Ainda esta semana um líder de uma equipa comercial desabafava: “anda tudo a olhar para o seu umbigo, desesperado por cumprir os números, nem sequer partilham a informação”.

Percebe-se que sejam muitas as pessoas que hoje receiem o flagelo do desemprego, com tudo o que se vê, ouve e conhece…

E vamos ficar indiferentes? Se a época é de crise, de pressão, e até de alguma indisciplina, o que está ao alcance da empresa (...Ler Mais...)

30/11/2016Jose AlmeidaTempo estimado de leitura: 1 min. e 20 seg.


comunicaçãoHoje falamos sobre comunicação, influência e empatia.

Nomeadamente sobre aquilo que habitualmente designo por: O síndrome do marido e da mulher!

Diga-me uma coisa: A sua cara-metade ouve-o?

Pois!

Provavelmente a sua equipa também não.

Não se preocupe que não vamos aqui falar de aparelhos auditivos.

Se bem que muitas das empresas necessitassem, de facto, de os colocar nos seus vendedores para ver se eles ouviam melhor os seus clientes.

Queríamos aqui chamar-lhe a atenção para um problema que ocorre nas empresas e que tem a ver com a saturação da comunicação.

Ou seja, se pensar, lá em casa, a sua mulher ou o seu marido, conforme o caso, tem alguma dificuldade em o ouvir.

Ainda há pouco tempo passei por essa experiência na minha família.

Temos vindo a discutir uma mudança numa área pessoal (...Ler Mais...)

30/11/2016Maria VieiraTempo estimado de leitura: 1 min. e 26 seg.


AlergiasAlergias? Há quem não consiga parar de espirrar, de fungar e de esfregar olhos e nariz. É uma situação que incomoda muitas pessoas e causa grande desconforto.

Mas e que outras coisas lhe fazem alergias?

Escutamos muitas vezes comentários do tipo “isto… até me faz alergia”. Provavelmente existem outras fontes de alergias e muitas delas não estão relacionadas com o pólen…

Não assumir a responsabilidade

Em equipas é uma das coisas que dá muitas alergias. Quando uma equipa não está alinhada e não pensa toda orientada para o mesmo objectivo, há sempre um esforço por fugir das responsabilidades. Se por um lado muitos colaboradores gostam de chamar a si algumas funções ou projectos diferentes e entusiasmantes, por outro muitos fogem à responsabilidade quando algo não corre bem… o que dá uma certa comichão!

Se a (...Ler Mais...)

30/11/2016Anabela CondeTempo estimado de leitura: 1 min. e 50 seg.


CrescerCrescer? Será que eles as pessoas da sua equipa têm 7 aninhos?

Então não os trate como tal! Quando se tratam as pessoas como crianças, obtêm-se resultados de criança.

Às vezes é-nos mais fácil lidar com a nossa equipa como lidamos com os nossos filhos… Mas, afinal de contas, quantos filhos tem ou quer ter?

Curiosamente, são ainda muitas as empresas em que nos deparamos com modelos de liderança paternalistas, num misto de protector e controlador, onde a dependência do líder e o grau de autonomia continuam a dar que falar…

Controlar ou desafiar?

Um dos temas que invariavelmente surge nas Equipas e gera ruído é as consequências de se permitir o acesso à Internet, ao Facebook e afins. É verdade que estes podem ser factores de distracção, mas ao longo de 8 horas de (...Ler Mais...)

23/11/2016Jose AlmeidaTempo estimado de leitura: 1 min. e 28 seg.


gestão de tempo

Quando falamos de gestão de tempo, uma das personalidades que mais admiro é o SENHOR, e digo Senhor com letra grande, “Brian Tracy”. Não só na gestão de tempo mas também na Arte de Vender.

No meu entender, é incrível como algumas das coisas que ele escreveu sobre vendas, liderança, gestão de tempo, entre outras, há alguns anos continuam ainda tão actuais.

Um das coisas de que me recordo, e que ele referia frequentemente, era que devíamos comer um sapo todas as manhãs.

Não se arrepie já a pensar no sapo e no engolir.

Como é óbvio, é figurativo.

Mas a ideia é que se fizermos uma tarefa que seja algo chata e maçuda logo pela manhã, o resto do dia irá correr-nos muito melhor, dada a energia gerada ao completarmos essa tarefa.

Mas o (...Ler Mais...)

Anterior

Palestra Online

Excelências nas Vendas em 2016 - Gravação já disponível
Palestra Online Gratuita

Calendário

Mais Eventos

Siga-nos

Linkedin Facebook Twitter Google+ Pintrest Youtube Subscrever por rss Entrar em contacto por email