A liderança da sua empresa pede feedback?

08/07/2017Jose Almeida

Tempo estimado de leitura: 1 minuto(s) e 9 segundo(s)


feedback

Uma das coisas que considero mais preciosas no domínio dos processos de liderança que tenho o prazer de implementar prende-se principalmente com a questão dos sistemas de monitorização e feedback.

Feedback?

Sim, feedback!

Eu sei que a maioria dos líderes não gosta deste processo, mas se não tem feedback por parte das pessoas da sua equipa, como é que sabe se está a liderar bem ou mal a sua equipa?

Muitas pessoas esquecem-se de que não estamos a lidar com máquinas.

Se fosse uma máquina, seria simples medir a eficácia. Bastaria analisar o output produzido pela mesma. No caso de seres humanos, o processo é um pouco mais complexo. Podemos até ter alguns indicadores de desempenho, mas se esses indicadores de desempenho não levam em linha de conta estes factores, podemos estar a caminhar a (...Ler Mais...)

TeamBuilding: Aprende-se a brincar?

08/07/2017Maria Vieira

Tempo estimado de leitura: 1 minuto(s) e 24 segundo(s)


teambuilding

Não estamos a falar de crianças, nem de nenhuma modalidade recente de desenvolvimento cognitivo dos mais novos, estamos mesmo a falar de adultos, de equipas e de empresas.

No rescaldo de mais um destes eventos, vejo como são importantes estes momentos de partilha, de envolvimento dos líderes, de “serious fun”, como costumamos dizer, para aprender, promover o espírito de equipa, para aferir como se reage aos problemas e às dificuldades.

Nós, que promovemos este tipo de aprendizagem, temos a noção de que, mais importante do que os jogos ou as dinâmicas criadas, é importante a exploração que fazemos desses jogos e dinâmicas e as “âncoras emocionais” que cada participante leva e aplica no seu dia-a-dia.

Para o sucesso deste tipo de eventos temos, no entanto, de perceber um conjunto de passos, de envolver as pessoas (...Ler Mais...)

Dia atribulado?

08/07/2017Anabela Conde

Tempo estimado de leitura: 1 minuto(s) e 35 segundo(s)


atribulado

Alguma vez já teve um dia assim?

Quando chegamos ao trabalho tivemos um começo de dia atribulado, ou porque o Joãozinho nos deu uma noite péssima, ou porque o despertador não tocou (não, não fomos nós que adormecemos), ou porque o trânsito estava impossível…

À hora de almoço tivemos uma manhã atribulada, ou porque o fornecimento não chegou, ou porque tivemos uma urgência e não fizemos a reunião de equipa, ou porque a melhor proposta não foi adjudicada.

Quando deixamos a empresa ao final da tarde estamos 50% esgotados / 50% frustrados, porque ainda não foi hoje que pensámos as linhas de orientação estratégica, que revisitámos o plano de acção, que fizemos prospecção ou que contactámos aquele novo parceiro…

E quase à noite, quando voltamos a casa, pedimos desculpa à família por ser tão tarde, (...Ler Mais...)

Conhece a máquina de fazer PING?

07/07/2017Jose Almeida

Tempo estimado de leitura: 1 minuto(s) e 34 segundo(s)


Ping

Para quem é apaixonado pelos Monty Python (eu sei que existem “pancas” piores…), um dos seus filmes mais emblemáticos depois de “A vida de Brian” é, com certeza, “O sentido da vida”.

Para quem conhece o filme, existe uma cena que é passada num bloco operatório e que dá o mote a este artigo.

Para quem não conhece, pode assistir à cena neste link:
http://www.youtube.com/watch?v=arCITMfxvEc

Nessa cena, enquanto decorre um parto, é realizada uma visita pelo administrador do hospital e de uma forma completamente “nonsense” eles param tudo para mostrar todas as máquinas ao administrador. E quando ele pergunta qual o objectivo daquela máquina, eles dizem que aquela é a máquina de fazer ping!

Poderá pensar, mas que raio tem isto a ver com as vendas?

Normalmente no ciclo comercial acontece o seguinte:

Entregamos uma (...Ler Mais...)

Anterior
Acções de Formação em Destaque:

Intimissimi, Testemunho Formação Vendas e LiderançaA formação com a ideias de desafios teve um impacto muito forte e positivo na equipa, pelo simples fato mas crucial, de perceberem que existem técnicas que nos ajudam a fazer um “raio x” ao cliente que temos a frente e consequentemente conseguimos criar uma química que nos é fundamental e necessária para o percurso da venda. Tivemos resultados impressionantes a esse nível. Outro ponto igualmente importante foi perceberem que é simplesmente necessário o trabalho em equipa, ajudarem se umas as outras o que torna o trabalho muito mais fácil com a contribuição de todos. Juntos somos fortes. Por ultimo talvez um dos pontos mais importantes foi perceberem o quão importante é o trabalho delas, terem prazer e gostarem daquilo que fazem o que torna tudo mais fácil, pois também fazemos com que o nosso cliente se sinta especial.  A cada formação que fazemos estamos apenas a investir naquilo que mais importante temos: o nosso cliente.

Nelma Fenandes
Intimissimi – Franchisada

Mais Testemunhos

Palestra Online

Excelências nas Vendas em 2016 - Gravação já disponível
Palestra Online Gratuita

Calendário

Mais Eventos

Siga-nos

Linkedin Facebook Twitter Google+ Pintrest Youtube Subscrever por rss Entrar em contacto por email