Liderança e Coaching

08/12/2016Anabela CondeTempo estimado de leitura: 1 min. e 5 seg.


colaborador apaixonado

A cada ano que começa é tempo de avivar a missão, reajustar os valores, definir um novo lema e descolar…

A questão é que quando tudo isto não faz parte da cultura da empresa corremos o risco de algum desapego emocional por parte do colaborador, e isso condiciona indiscutivelmente o sucesso do trabalho em equipa e a produtividade de cada um.

Ainda esta semana um líder de uma equipa comercial desabafava: “anda tudo a olhar para o seu umbigo, desesperado por cumprir os números, nem sequer partilham a informação”.

Percebe-se que sejam muitas as pessoas que hoje receiem o flagelo do desemprego, com tudo o que se vê, ouve e conhece…

E vamos ficar indiferentes? Se a época é de crise, de pressão, e até de alguma indisciplina, o que está ao alcance da empresa (...Ler Mais...)

30/11/2016Jose AlmeidaTempo estimado de leitura: 1 min. e 20 seg.


comunicaçãoHoje falamos sobre comunicação, influência e empatia.

Nomeadamente sobre aquilo que habitualmente designo por: O síndrome do marido e da mulher!

Diga-me uma coisa: A sua cara-metade ouve-o?

Pois!

Provavelmente a sua equipa também não.

Não se preocupe que não vamos aqui falar de aparelhos auditivos.

Se bem que muitas das empresas necessitassem, de facto, de os colocar nos seus vendedores para ver se eles ouviam melhor os seus clientes.

Queríamos aqui chamar-lhe a atenção para um problema que ocorre nas empresas e que tem a ver com a saturação da comunicação.

Ou seja, se pensar, lá em casa, a sua mulher ou o seu marido, conforme o caso, tem alguma dificuldade em o ouvir.

Ainda há pouco tempo passei por essa experiência na minha família.

Temos vindo a discutir uma mudança numa área pessoal (...Ler Mais...)

30/11/2016Maria VieiraTempo estimado de leitura: 1 min. e 26 seg.


AlergiasAlergias? Há quem não consiga parar de espirrar, de fungar e de esfregar olhos e nariz. É uma situação que incomoda muitas pessoas e causa grande desconforto.

Mas e que outras coisas lhe fazem alergias?

Escutamos muitas vezes comentários do tipo “isto… até me faz alergia”. Provavelmente existem outras fontes de alergias e muitas delas não estão relacionadas com o pólen…

Não assumir a responsabilidade

Em equipas é uma das coisas que dá muitas alergias. Quando uma equipa não está alinhada e não pensa toda orientada para o mesmo objectivo, há sempre um esforço por fugir das responsabilidades. Se por um lado muitos colaboradores gostam de chamar a si algumas funções ou projectos diferentes e entusiasmantes, por outro muitos fogem à responsabilidade quando algo não corre bem… o que dá uma certa comichão!

Se a (...Ler Mais...)

30/11/2016Anabela CondeTempo estimado de leitura: 1 min. e 50 seg.


CrescerCrescer? Será que eles as pessoas da sua equipa têm 7 aninhos?

Então não os trate como tal! Quando se tratam as pessoas como crianças, obtêm-se resultados de criança.

Às vezes é-nos mais fácil lidar com a nossa equipa como lidamos com os nossos filhos… Mas, afinal de contas, quantos filhos tem ou quer ter?

Curiosamente, são ainda muitas as empresas em que nos deparamos com modelos de liderança paternalistas, num misto de protector e controlador, onde a dependência do líder e o grau de autonomia continuam a dar que falar…

Controlar ou desafiar?

Um dos temas que invariavelmente surge nas Equipas e gera ruído é as consequências de se permitir o acesso à Internet, ao Facebook e afins. É verdade que estes podem ser factores de distracção, mas ao longo de 8 horas de (...Ler Mais...)

23/11/2016Jose AlmeidaTempo estimado de leitura: 1 min. e 28 seg.


gestão de tempo

Quando falamos de gestão de tempo, uma das personalidades que mais admiro é o SENHOR, e digo Senhor com letra grande, “Brian Tracy”. Não só na gestão de tempo mas também na Arte de Vender.

No meu entender, é incrível como algumas das coisas que ele escreveu sobre vendas, liderança, gestão de tempo, entre outras, há alguns anos continuam ainda tão actuais.

Um das coisas de que me recordo, e que ele referia frequentemente, era que devíamos comer um sapo todas as manhãs.

Não se arrepie já a pensar no sapo e no engolir.

Como é óbvio, é figurativo.

Mas a ideia é que se fizermos uma tarefa que seja algo chata e maçuda logo pela manhã, o resto do dia irá correr-nos muito melhor, dada a energia gerada ao completarmos essa tarefa.

Mas o (...Ler Mais...)

10/11/2016Maria VieiraTempo estimado de leitura: 1 min. e 27 seg.


comunicaçãoComunicação!

Quem não se lembra desta fala do memorável António Silva no filme “O Pátio das Cantigas”? Nesse excerto do filme é feito um esforço tremendo por comunicar à D. Rosa que a filha tinha chegado do Brasil. É enviado um pombo-correio, um mocinho de recados, e até via telefónica se tenta avisar a senhora da boa notícia.

E isso fez-me pensar sobre a comunicação! Na sua existência ou na falta dela.

A comunicação é normalmente apontada como de importância fundamental para a criação de um bom clima organizacional. Quando trabalhamos com equipas em processos de desenvolvimento e consultoria, é um dos tópicos abordado quase de imediato, e na maior parte dos casos os motivos não são bons.
A comunicação é fundamental para que não só as pessoas possam perceber o rumo da empresa, como (...Ler Mais...)

10/11/2016Ricardo LaranjeiraTempo estimado de leitura: 1 min. e 40 seg.


parar

Parece que estamos perante um contra-senso quando chegamos a um determinado momento em que a única coisa a fazer é parar para andar para a frente. Mais uma vez trago aqui à reflexão uma questão que se centra numa postura que vai contra todas as regras normalmente vigentes nas organizações, e particularmente na área comercial. Ou seja, parar.

Parar é algo que não é natural que aconteça e muito menos que se fomente numa organização ou equipa comercial. Não se pode parar sob pena de se sucumbir à concorrência que muito rapidamente absorve clientes, quotas de mercado, influência e outras coisas mais. O que é preciso é andar para a frente. Insistir, por vezes até mesmo com mais força. Mas parar nunca.

Porém, parar significa também sair do piloto automático para analisar as causas pelas (...Ler Mais...)

02/11/2016Jose AlmeidaTempo estimado de leitura: 1 min. e 24 seg.


LiderançaAinda esta semana, quando estávamos a meio de um programa de Formação de Liderança, me fizeram a seguinte pergunta:

“Como é que podemos fazer com que as pessoas dêem o litro e estejam presentes quando mais necessitamos delas?”

É uma questão que frequentemente surge nos nossos programas de formação de liderança.

Se pensarmos bem, é uma questão que surge com certeza na mente de todos os decisores ou das pessoas que têm a seu cargo a chefia de uma equipa.

Mas então como?

Pense um pouco comigo.

Tem uma conta bancária?

Provavelmente sim!

Tem associado a essa conta um descoberto bancário?

Ou seja, pode continuar a retirar dinheiro da conta, mesmo que esta esteja a negativo, até um determinado limite, pagando um juro?

Por exemplo, uma conta ordenado.

Ou seja, o que retirar para além (...Ler Mais...)

02/11/2016Maria VieiraTempo estimado de leitura: 1 min. e 23 seg.


ComunicaçãoNa comunicação de facto nem tudo o que parece… é!

Costumamos dizer que as aparências iludem, e no contexto lusitano ainda é mais verdade essa afirmação.

Temos muita preocupação com o que os outros pensam de nós, como nos vêem, como nos julgam. O problema é que todos pensam o mesmo, por isso na prática ninguém está assim tão interessado em si e na sua vida, pois estão a pensar o que você acha da deles.

Mas em cenários de crise, esta necessidade de viver sob aparências ainda é mais crítica. Se por um lado há empresas que vivem uma pobreza encapuçada, outras até estão a viver bons momentos, mas têm receio do que possa transparecer para o mercado.

Mas o que ganhamos com esta postura? Não será lógico pensar de forma positiva quando estamos (...Ler Mais...)

Anterior

Palestra Online

Excelências nas Vendas em 2016 - Gravação já disponível
Palestra Online Gratuita

Calendário

Mais Eventos

Siga-nos

Linkedin Facebook Twitter Google+ Pintrest Youtube Subscrever por rss Entrar em contacto por email