Estratégia e Gestão

20/04/2015Maria Vieira

Tempo de leitura: 1 min. e 45 seg.

Quando falamos de quilos a mais, provavelmente não faremos logo a ligação ao tema da “excelência“.  Mas venha comigo neste novo artigo e vai já perceber a ligação.

Chegámos à altura crítica de dietas e tratamentos. É uma azáfama aos cremes e tratamentos especializados, comprimidos e outras mezinhas e verificamos filas monumentais em todos os restaurantes de comidinha light, saladinhas e dietética.

Se o nosso corpo agradece, não posso deixar de pensar qual foi a última vez que a sua empresa “fez dieta”. E com a remoção de algumas gordurinhas extra estamos apenas e só a falar de todos os processos que ainda tem de fazer e que não acrescentam directamente valor à sua empresa… no fundo, toda a actividade não produtiva.

Provavelmente estará a pensar que a sua empresa até está bem magrinha e precisa é de engordar uns quantos quilos para se mostrar mais viçosa. Que a sua vida está sempre uma confusão e não tem tempo para nada, que a equipa está desfalcada e sobrecarregada, que no fundo estamos já “no osso” e não há onde cortar.
E se lhe dissermos que é sempre possível emagrecer um pouco num sítio para engordar outro?

A famosa gestão de (...Ler Mais...)

20/04/2015Anabela Conde

Tempo de leitura: 1 min. e 52 seg.

Falemos hoje um pouco de “Foco“!

Destino de eleição, tem? Sim, é consigo! Pegue na agenda e venha daí…

Numa altura em que as férias estão à porta, já sabia bem voar para outras paragens. Mas, antes de partir, vamos lá bloquear uns períodos na agenda para pensar noutros destinos, os do negócio, e como vamos encontrar o nosso lugar ao sol no meio dos outros players de mercado nos tempos que se avizinham.

Problemas e decisões a marinar?

Muitas vezes o que falta às empresas é a agilidade e capacidade de decisão perante as oportunidades que se lhes colocam. A estratégia até está definida, as ideias têm potencial, mas depois começa o jogo do empurra.

À partida poder-se-ia pensar que esta agilidade estaria garantida numa estrutura hierárquica mais flat, em detrimento da tradicional hierarquia em pirâmide. Só que nem sempre é assim…

Se numa estrutura matricial os elementos jogarem defensivamente para o empate, as coisas também não avançam e não é seguramente do número de elementos que integram os processos de aprovação e do tempo que as questões levam a “subir e a descer” ou “a ir lá fora”.

A comunicação sistemática é fundamental para se identificarem os problemas (...Ler Mais...)

13/04/2015Maria Vieira

Tempo de leitura: 1 min. e 34 seg.

Em equipa é mais giro! Pois é, sim senhor!

Então porque é que não se aproveita a altura do ano e avançamos para as tais reuniões de kick off? Está neste momento na moda, o nome e a dinâmica, mas não é mais de que uma excelente maneira de dar as boas vindas oficiais a mais um período de trabalho, após o que foi, para a grande maioria, um tempo de descanso bem merecido.

Mas depois não caia na asneira de ir cada um para o seu lado!

Em equipa é sempre muito mais divertido trabalhar. Podemos não só motivar-nos uns aos outros, como aproveitar o que de melhor existe em cada um para conseguir atingir metas ainda mais audazes. Quando existe verdadeiro espírito de equipa, temos presenciado resultados verdadeiramente incríveis.
Mas e se eu não tiver equipa? Mas e se eu tiver uma mini equipa?

Trabalhamos há mais de 4 anos com empresas de todas as dimensões e com todas aprendemos mais um pouco para que possamos aportar cada vez mais valor às que vão surgindo.

O panorama nacional das PME e das Microempresas é mais ou menos o mesmo que na restante Europa. As pessoas lançam-se em projectos (...Ler Mais...)

08/04/2015Maria Vieira

Tempo de leitura: 1 min. e 40 seg.

Para tudo considero a importância da crítica, e, sinceramente, as críticas construtivas serão das melhores a receber. As destrutivas, mordazes e invejosas são sempre muito difíceis de aceitar e conseguem muitas vezes arruinar o nosso dia.

Mas já reparou que só a palavra crítica é suficiente para pôr os cabelos em pé?

No universo das empresas essa palavra assume muitas vezes dimensões quase estratosféricas, sendo algo muito pouco bem-vindo, temido e encarado de forma muito negativa.

Mas sabemos todos e conseguimos reconhecer que é quando nos apontam as críticas que crescemos, que invariavelmente somos forçados a olhar para dentro e a ver de forma menos apaixonada se estarão certos ou não. Mas para que nas empresas exista esta capacidade de criticar, tem também de existir algo muito mais importante que é a Confiança entre as pessoas.

Já uma vez falámos dos maiores desafios que uma equipa, ou empresa, costumam atravessar e o primeiro de todos é a confiança, ou a falta dela.

Existe confiança na sua empresa?

As pessoas respondem-nos sempre que sim, que no fundo confiam nos funcionários que têm e na sua entrega, nas suas capacidades, etc. Confundem confiança com camaradagem e espírito de equipa. Não é bem (...Ler Mais...)

08/04/2015Anabela Conde

Tempo de leitura: 1 min. e 54 seg.

“Não tenho tempo, dinheiro, pessoas (a massa crítica…), estratégia, competências, experiência, …” – e então?

Entre o fado do coitadinho do não tenho e o empenhar-me em fazer com o que tenho, vai um desafio crescente de gestão de recursos… Será que não é imperativo ver nas restrições as oportunidades e andar para a frente?!

Numa fase em que as escolhas são de menor amplitude e em que parar é perder, é mesmo preciso valorizarmos o que temos e com isso fazermos o nosso melhor.

“Estrategizar” menos é bom…

Tempos houve em que tínhamos estratégias para tudo, modelos de actuação para cenários optimista, realista e pessimista, estratégias para mitigação de risco, planos para gestão da mudança, dossiers e dossiers estratégicos A4 de lombada larga.

Para além de mais recursos, leia-se mais gente e mais tempo, tudo tinha um prazo de validade superior. Havia curvas de lançamento das soluções e tempo para entrada em velocidade cruzeiro… Até parece que acelerámos a própria nomenclatura das coisas.

A palavra Dinamizar surge nas empresas com um sentido de urgência muito grande, para que as coisas aconteçam rapidamente. A velocidade que hoje nos é exigida muda tudo.

Mas cuidado! Investir menos tempo em pensar e (...Ler Mais...)

31/03/2015Maria Vieira

Tempo de leitura: 1 min. e 35 seg.

Não ouve isto muitas vezes na equipa?

Quando falamos de Feedback parece que estamos a falar de uma invenção estranha. Há até quem diga que certas invenções não deveriam sair da gaveta e muitas vezes criticamos duramente as pessoas que têm ideias e invenções diferentes!

Durante muito tempo as pessoas questionavam-se sobre o que era Coaching Comercial, sobre que raio de invenção seria essa que a Ideias&Desafios tinha feito. E qual foi a nossa abordagem? Experimente por 1 hora no seu local de trabalho, na sua empresa, o tipo de trabalho de consultoria “mão na massa” que fazemos com as equipas comerciais. É a melhor maneira de dara entender a nossa metodologia de trabalho.

E na sua empresa? Na sua equipa? Qual é a diferença? Com que frequência boicotamos as ideias das nossas equipas só porque são invenções demasiadamente diferentes para o nosso gosto? Ou porque são chocantes?

Como criar uma cultura de empresa em que as invenções são bem-vindas e, acima de tudo, são trabalhadas pela empresa?

Dar feedback

Os responsáveis de equipa e os líderes de hoje estão muito preocupados/ocupados com esta palavra, feedback!
Cada vez é mais importante abordar de forma sincera os comentários dos nossos colaboradores. (...Ler Mais...)

31/03/2015Anabela Conde

Tempo de leitura: 2 min. e 24 seg.

Quando falamos de competitividade a conversa nem sempre é fácil nas empresas!

Têm sido algumas as circunstâncias em que nos deparamos com líderes e gestores desapontados com os resultados, decepcionados com o facto de a facturação não ter crescido, ou mesmo de não ter chegado a igualar a do ano anterior. E o curioso é que essas pessoas reconhecem ter trabalhado ainda mais e os resultados não apareceram…

Mas de que resultados andamos nós à procura? Apenas nos focamos em fazer crescer o volume de negócios? Ou queremos mais clientes, projectos com maior volume/duração, reduzir PMR e alargar PMP, libertar mais tesouraria, fazer crescer a rentabilidade?

Será legítimo querer tudo isto em simultâneo nesta fase? Que prioridades definimos e que estratégias adoptamos para lá chegar? Se calhar, não podemos colocar tudo na Bimby ao mesmo tempo…

Trabalhar melhor

Também não podemos esperar resultados diferentes se fizermos sempre (e só) as mesmas coisas, da mesma maneira… Parece que isto ninguém põe em causa, certo?

Falar em estratégias para aumentar clientes e facturação pode passar por:

chegar a um universo maior de potenciais clientes, com iniciativas de marketing viral (newsletters, redes sociais como Facebook, Linkedin ou outras), estratégias de referenciação, presença em (...Ler Mais...)

02/03/2015Maria Vieira

Tempo de leitura: 2 min. e 11 seg.

Falemos hoje de dinamizar!

Não sei se já se deu conta, mas parece que foi ontem que comemos as 12 passas e que, em família e/ou com os amigos, sonhámos um a um os nossos desejos para este novo ano. O pior é que, bem vistas as coisas, esse ontem já foi há alguns meses, o ano já deixou de ser novo e até já só temos alguns meses que irão passar rapidamente para brilhar…

O que é que já fizemos então de diferente este ano? Do que nos tínhamos proposto fazer acontecer, o que alcançámos? Pois, o cronómetro já está a contar há sete meses… ou não era este ano que precisava de ter resultados diferentes?!

Continua em loop, sem saber o que organizar para ainda vir a fazer?

O que perde em parar A-G-O-R-A e aceitar o desafio de analisar uma das 3 dicas que esta semana preparámos para si?

E os objectivos e as linhas de orientação a implementar em 2013 que partilhou com a equipa foram…? Ainda não reuniu a equipa para comunicar este tema? Ainda não tem os objectivos? “Sabe que esta semana me disseram que ainda não tinham a informação do Contabilista e que, (...Ler Mais...)

07/01/2015Jose Almeida

Tempo de leitura: 2 min. e 2 seg.

Parece que sim…

Depois dos excessos da época das Festas ou outros abusos gastronómicos, reduzir e purificar tornam-se palavras de ordem e os planos detox surgem como fase inicial do propósito de emagrecimento. Além disso, tudo o que é detox está na moda!

E se levássemos esta moda à nossa empresa?!

Preparar

Ano Novo, Vida Nova…

O ano que termina está fechado, começamos a ter os números e a ver de que maneira os queremos (ou temos) de tornar diferentes neste novo ano. Que os resultados emagreçam é que não queremos de certeza, e para isso será preciso revisitar o que foi feito e repensar novas abordagens.

Isso sim precisa de um plano DETOX, com uns ingredientes diferentes dos frutos e legumes apetecíveis e das sementes variadas! O “batido” tem que ser preparado à nossa medida.

Não há ingredientes mágicos, mas motivação, acreditar e agir, não poderão ficar de fora!

Preparar passa, antes de mais, pela atitude, pelo “desta vez é que vai ser”, por re-alinhar a equipa, por atingir um estado de confiança e de disciplina que nos permita agir a cada dia na direcção dos objectivos.

E também passa por largarmos as nossas crenças limitativas de que não (...Ler Mais...)

Anterior

Palestra Online

5 Pilares da Comunicação e Influência nas Vendas
Palestra Online Gratuita

Calendário

Mais Eventos

Siga-nos


Online